MIOCARDIO EM CULTURA

Sinopse/Enredo

Profissionais de jaleco num laboratório (de Biofísica da Faculdade Nacional de Medicina?). Uma galinha imobilizada é preparada para uma intervenção cirúrgica. Um corte inicial com bisturi, e depois com tesoura, entre o peito e o pescoço da ave, seguido da intervenção na parede do coração do animal, possibilita a colocação de um catéter para a coleta da mostra de sangue num tubo de ensaio. A retirada do tubo de ensaio da centrífuga com o sangue já decantado. Dois tubos de ensaio com substância transparente num refrigerador. Com o uso de uma pinça, é retirado o embrião de um ovo que é colocado numa placa de Petri. Segue-se a preparação do meio de cultura em placas de vidro e, posteriormente, o movimento celular é mostrado em imagens microscópicas. Detalhes de uma câmera cinematográfica adaptada a um tubo com lente para filmar o experimento científico. As células miocárdicas são colocadas num microscópio pelo dr. Carlos Chagas Filho e imagens microscópicas captam os estímulos externos provocados na cultura de células. Um esquema gráfico explica o experimento (bateria com fios ao lado do projetor e da lente). Os impulsos elétricos das células miocárdicas mostrados na exibição de um ponto branco que se desloca sobre um fundo negro.

Data: 1942

Local: Rio de Janeiro / RJ / Brasil

Direção: Mauro, Humberto; Chagas Filho, Carlos

Companhia produtora: INCE - Instituto Nacional de Cinema Educativo

Fotografia: Mauro, Humberto

Cromia: BP

Duração: 9min13seg

Outros Títulos: INCE - Instituto Nacional de Cinema Educativo

Gênero: Filme educativo

Assuntos: Ciência, Animal, Energia, Biofísica, Miocárdio, Galinha, Energia elétrica, Laboratório de Biofísica da Faculdade Nacional de Medicina, Microscópio, Cinema

Identidades: Chagas Filho, Carlos

Outros Títulos: MIOCARDIO EM CULTURA - POTENCIAIS DE AÇÃO; MIOCÁRDIO EM CULTURA (I)

Categorias: Curta-metragem / Não-ficção / Nacional / Silencioso