GAROTAS E SAMBA

_014044
Ano de produção: 1957
Companhia Produtora: Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Direção: Manga, Carlos;
Duração: 102min
Estado: DF
Fotografia: Eichorn, Edgard;
País: BR
Processo: BP
Argumento/roteiro: Cajado Filho, José
Sinopse/Enredo:
Didi, Zizi e Naná hospedam-se na pensão de dona Inocência, uma senhora puritana que tem pavor de homens. As três moças dividem o mesmo quarto. Didi e Zizi vêm do interior e sonham em ser artistas. Para vir ao Rio de Janeiro, Zizi abandonou seu noivo no altar. Mais ambiciosa que suas amigas, Naná deseja se casar com um milionário. Ela dá golpes em boutiques e emite cheques sem fundos. Em busca de um bom partido, a golpista vai a boates chiques e se faz passar por estrangeira. Didi busca uma oportunidade no rádio, mas é enganada pelo inescrupuloso Belmiro, funcionário de uma emissora. Na esperança de se encontrar com o sr. Vítor, o dono da rádio, Didi vai ao apartamento de Belmiro. Desconfiada, Zizi sai em socorro da amiga e pede ajuda do cantor Sérgio Carlos, que arromba a porta do apartamento, socorre a moça e a leva de volta à pensão. Com o apoio de Sérgio, Didi se torna cantora da rádio. Zizi consegue, por meio de rearranjos, ser a principal vedete do senhor Charlô. Enquanto Naná se relaciona com o ex-noivo de Zizi, que acabou de herdar uma grande herança.
Código do filme: 014044