APPASSIONATA

_010950
Ano de produção: 1952
Companhia Produtora: Companhia Cinematográfica Vera Cruz S.A.;
Direção: Barros, Fernando de;
Duração: 94min
Estado: SP
Fotografia: Sturgess, Ray;
Outros títulos: APASSIONATA
País: BR
Processo: BP
Produção: Barros, Fernando de
Argumento/roteiro: Pereira, Agostinho Martins;
Sinopse/Enredo:
Na noite de sua consagração como grande pianista intérprete de 'Appassionata' de Beethoven, Sílvia Nogalis é surpreendida pela notícia do suicídio de seu marido, o famoso maestro Hauser. As suspeitas de assassinato recaem sobre Sílvia e Rogério, seu motorista particular, tendo a governanta da mansão do casal como a principal testemunha de acusação. Para preservar sua imagem e fugir da exposição à imprensa, Sílvia recusa uma nova turnê de apresentações e retira-se para um lugar junto ao mar, onde conhece Pedro, diretor de um reformatório de jovens delinquentes, e por quem se apaixona. Um mal entendido entre Sílvia e Nélio, um dos rapazes do reformatório, faz com que Pedro deixe de acreditar em Sílvia, que então viaja à Europa para uma turnê de concertos. Em Estocolmo conhece Luiz Marcos, um pintor brasileiro que faz seu retrato e se apaixona por ela. Casados, retornam ao Brasil, mas a péssima recepção artística, o ciúme doentio e as intrigas da antiga governanta sobre a morte de Hauser fazem Luiz perder a confiança em sua esposa. Na noite de mais uma apresentação de Sílvia tudo se esclarece: Pedro, arrependido de desacreditar de Sílvia, consegue arrancar da governanta uma prova do suicídio do maestro; Luíz rompe com Sílvia, tomado que está pelo ciúme e a desconfiança; e Sílvia decide viver só, tendo apenas a música como companhia.
Código do filme: 010950