CARNAVAL ATLÂNTIDA

_009340
Ano de produção: 1952
Companhia Produtora: Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Direção: Burle, José Carlos;
Duração: 92min
Estado: DF
Fotografia: Daissé, Amleto;
País: BR
Processo: BP
Argumento/roteiro: Burle, José Carlos; Berliet Jr.; Lima, Victor
Sinopse/Enredo:
Piro e Miro são dois malandros que apresentam ao dr. Cecílio, produtor da Acrópoles filmes, o argumento de uma chanchada carnavalesca. O produtor, com a intuição de fazer um filme sobre Helena de Tróia, recusa o argumento, mas termina por empregar os dois como faxineiros. Em seguida, decidido a realizar seu filme sério, Dr. Cecílio segue o conselho de seu secretário Augusto e contrata o professor Xenofontes, um especialista em história antiga. Os dois malandros, dispostos a tudo por dinheiro, se disfarçam de detetives e são contratados pelo Dr. Cecílio, que pretende desmascarar o conde de Verdura, noivo de sua sobrinha Carmem. Eles descobrem que o conde de Verdura é na verdade Tobias, o chofer de uma família rica. Mas o falso conde promete um bom dinheiro aos dois após o casamento com Carmem, desde que eles não revelem seu segredo. Além disso, os contrata para atrapalhar o romance de Carmem com o professor Xenofontes. Como a produção não avança em razão das inúmeras confusões, o secretário Augusto, junto com Carmem, Regina, a filha do dr. Cecílio, e o próprio Xenofontes convencem o produtor a realizar uma comédia escrita pelo especialista em história da Grécia. No fim, todos contribuem para a execução do filme.
Código do filme: 009340